Som interno envolvente, trio elétrico com qualidade, Playstation 3 e acabamento primoroso fazem parte dessa personalização que ficou show de bola

Car Stereo avaliou a Ranger montada pela Sony como um de seus carros-demonstração. O carro tem tudo e um pouco mais quando o assunto é diversão. Foi surpreendente perceber que, mesmo com a grande quantidade de equipamentos presentes no sistema, o conjunto é 100% harmonioso no que diz respeito à correta distribuição dos itens.

A unidade principal do sistema possui tela de 6,1” touch screen, que permite executar todas as funções apenas com leves toques, potência máxima de saída de 27W x 4 e decodificador Dolby Digital interno para reprodução em 4.1 canais. O equipamento conta ainda com a função Picture EQ, para ajuste da imagem de acordo com a luz do ambiente, e entrada USB traseira para conexão de dispositivos.

A Ranger conta com um som interno envolvente e com muito impacto. A correta separação de frequências deixa o sistema intenso mesmo em volume moderado. A pegada é forte! Para as horas de descontração, um videogame Playstation 3 integra o robusto projeto. E não é só isso: ainda tem uma tela na caçamba para a diversão ficar mais realista e completa. O PS3 parece que foi feito para o local escolhido. Parece uma peça original de fábrica: encaixes perfeitos deixam o conjunto muito harmonioso.

O som interno conta com um par de tweeters nos ajustes dos retrovisores. Nas portas dianteiras foram acomodados dois woofers de 6”, que se somam aos três subwoofers que tomam conta da parte traseira interna da picape. Nas  portas traseiras, coaxiais completam a missão. Já a parte traseira do veículo conta com três subwoofers bem acabados e com um peso que faz tremer o conjunto, com um grave austero e vigoroso.  Com o pink noise, medimos 145 dBs com o som moderado, só na parte interna do veículo, e com intensidade de volume a menos de 50% do ajuste máximo.

É difícil imaginar quanto tempo foi gasto para bolar e montar o sistema. Mas o trabalho na caçamba é muito bom. Mesmo com vários falantes, o trabalho ficou “clean”. Trabalho de primeira!!

Veja Também

DEIXE UMA RESPOSTA