Vontade de participar do BGT com um carro incomum leva mecânico de São Paulo a comprar Voyage e rebaixá-lo em três dias com kit a ar

 

Há cerca de um ano, o mecânico de autos Kaique Souto Corrêa, de 19 anos, morador de Guarulhos (SP), estreou na Car Stereo com um Palio equipado com suspensão a ar e porta-malas personalizado no estilo euro look. Em junho do ano passado, Kaique vendeu o Palio e comprou um Voyage Trendline 2015. Mas se engana quem pensa que o mecânico desistiu da customização ao levar para sua garagem o comportado sedã da Volkswagen. “Minha intenção era participar do BGT”, conta. O Bubble Gun Treffen é um dos maiores encontros de admiradores de modelos da marca alemã, que acontece anualmente em novembro em Águas de Lindoia (SP). “Mas eu queria participar com um carro não tão comum, por isso escolhi o Voyage”, explica.

Três dias depois de comprar o carro, e antes mesmo de concluir a transferência da documentação, o sedã já rodava rente ao chão com um sistema de suspensão a ar instalado pelo próprio Kaique. “Fiz o serviço na garagem de casa, mas já planejo abrir minha própria oficina especializada em suspensões”, propagandeia.

Kaique conta que prefere o rebaixamento por meio do sistema a ar pela facilidade de regulagem. “O sistema a ar permite maior comodidade para adaptar o veículo às diversas situações. Com ele posso deixar meu Voyage na altura original em poucos minutos”, explica o especialista. O kit projetado por Kaique é composto por f⁠lauta de oito solenóides, nipes com anilhas antivazamento, dois manômetros duplos, filtro anti-umidade, compressor Viair 444c e cilindro convencional. Os amortecedores dianteiros foram reduzidos, com bolsas cônicas. Os traseiros são originais, com bolsas retas. Inicialmente, Kaique acomodou os itens do sistema no assoalho do porta-malas, mas a estética do compartimento mudou quando ele resolveu personalizar o espaço.⁠

Visual “stagg”⁠⁠

Por fora, o Voyage ostenta visual minimalista, mas com sotaque europeu. As rodas originais deram lugar a modelos da marca PDW, importados, de 17×8” na frente e 17×9” na traseira, calçadas com pneus 185/35 na frente e 195/40 atrás. “Tem um visual stagg”, explica, para se referir à customização que usa rodas com talas diferentes na frente e na traseira. “Essas rodas foram instaladas sem que eu tivesse de mexer na estrutura do carro, como era minha intenção”, conta o mecânico. Um rack de teto com barras de alumínio da Thule, luzes de neblina e novas lâmpadas nas lanternas traseiras completam o pacote.

Para a instalação do som e a personalização do porta-malas, Kaique recorreu aos serviços da Bless Sound, loja na zona sul paulistana. O sistema de som é comandado por um DVD player Pioneer, retrátil, instalado no painel. As frequências de voz vêm de um kit duas vias Bravox, com médios de 6”. No console, os porta-copos foram ocupados por dois manômetros, instalados dentro de latinhas de refrigerantes. “Usei as latinha menores, encaixou perfeitamente”, conta Kaique.

Minitrio

O porta-malas abriga tanto os itens da suspensão quanto os integrantes do sistema de áudio. E o pessoal da Bless tinha ainda a missão de preservar espaço para transporte de bagagens, manter livre o avesso ao estepe e utilizar a cor marrom, preferida de Kaique, nos acabamentos. Os graves são responsabilidade de um subwoofer Bravox UXP, de 12”, que funciona em uma caixa dutada acomodada na lateral do espaço. Na parede oposta, foram acomodados os dois amplificadores que servem os alto-falantes, um Taramps TS800 para o estéreo e um Stetsom mono para o subwoofer.

Pensando na possibilidade de dividir a diversão com os amigos em algum churrasco, Kaique pediu aos instaladores que dotassem o sistema com um driver e um supertweeter da marca JBL Selenium, camuflados com telas nos cantos do porta-malas, para curtir seus hits do sertanejo universitário.

Na parede posterior, atrás do banco, um rack sustenta o cilindro, devidamente revestido com curvin marrom costurado em formato de diamante, válvulas, o compressor e um manômetro para monitorar o ar do cilindro. “Se precisar de manutenção, o acesso é feito pelo interior do carro, apenas rebatendo o banco de trás. Todo o porta-malas foi revestido com carpete felpudo. Um acabamento com fios de cobre no subwoofer, instalado com o conjunto magnético à mostra, faz referência ao sistema hard line de suspensão a ar.

Kaique, que teve seu primeiro carro aos 15 anos, e integra o Clube 272, que reúne proprietários de carros customizados em São Paulo, avisa: “Podem me esperar no próximo BGT”. É, esse Voyage promete fazer sucesso em Águas de Lindoia.

 

Quem fez:

Bless Soumd. Tel. (11) 2389-8638.

Ficha técnica

Voyage 2015

Customização

Suspensão a ar

Rodas PDW de 17×8” na dianteira e 17×9” na traseira

Rack Thule

Som

DVD Pioneer retrátil

Kit duas vias Bravox

Subwoofer de 12” UXP Bravox

Amplificador 4 canais Taramps

Amplificador mono Stetsom

Driver e supertweeter Selenium

 

 

 

 

Related Post

DEIXE UMA RESPOSTA