Carro do competidor Hal crava 184,6 dBs, em rodada com altos decibéis

Texto: Ademir Pernias
Fotos: Daniel Boner/Divulgação

Dezesseis etapas em sete estados brasileiros, com quebras de recordes, marcaram a rodada de novembro da 101% Eventos. Vamos aos destaques.

Em Balneário Camboriú (SC), festival de recordes quebrados. Na categoria SQ-SPL, destaque para Fabiano Serafim, da Team SD Elite, que quebrou o recorde ao somar 355,3 pontos com seu Duster equipado com Soundigital, o mais alto índice já registrado na categoria. O competidor Hal, do Team Hal Inside, cravou 184,6 dBs com seu Volvo montado com Soundigital e Hard Power na SPL extreme 3+. Destaque ainda para Fernando Saikiski, do Team SD Elite, recordista nas quatro categorias das quais participou, com marcas de 161,7 dBs e 162,4 dBs. Destaque ainda nos rebaixados para carros com medição negativa e zerados.

Em Viradouro (SP), destaque para o competidor Gustavo, que fez 156,9 dBs com sua carreta equipada com Taramp’s e Eros na pancadão carretinha livre. Destaque também para Venício Keller, da Comando Áudio Som, de Campo Grande (MS), com nove primeiros lugares alcançados com sua Parati equipada com Eros e Stetsom na pancadão passeio, e outros 10 troféus de primeiro com sua F250, também com Eros e Stetsom na pancadão picape. Em São Carlos (SP), destaque para Ernesto Madonia, da Soundway, que tocou 160,7 dBs com seu Corsa equipado com Taramp’s e FB Áudio na SPL intermediário 2×12, novo recorde da categoria. Boa marca também a de Adriano Nascimento, que fez 155,2 dBs com seu Corsa equipado com Soundigital e Hard Power na SPL sedã. No pancadão, a maior marca foi de André Barbosa, da dB Sound, que fez 153,1 dBs com sua Parati equipada com Taramp’s na pancadão passeio alta voltagem até 4 falantes.

Em Pindamonhagaba (SP), destaque para Aderlan e Eli, da Nascar, com sete quebras de recordes e a maior marca de 161,5 dBs com seu Corsa sonorizado com Soundigital e Hard Power. Destaque ainda para Romualdo Ribeiro, da Art Sound, que tocou 155,2 dBs com seu Corsa com Soundigital na SPL extreme 3+. Destaque também para Rene Decarli, da Team Loud, que tocou 158,6 dBs com seu Corsa na SPL intermediário livre.

Em Avanhandava (SP), destaque para a marca de 146 dBs registrada por Henrique Garcia, da Equipe HG, com seu Uno sonorizado com Taramp’s na SPL intermediário 2×12. Em Campo Grande (RJ), destaque para Igor Nunes, da Emporium Tecno, que marcou 151,3 dBs com seu Corsa montado com Soundigital e FB Áudio na SPL extreme 1. Em Natal (RN), destaque para o veterano Sydnei Gomes, da Ney Som, que cravou 144,3 dBs com seu Corsa sonorizado com Corzus e Hinor na pancadão passeio profissional até 2 falantes, e para Kleyton de Lima, da K Sound Design, que fez 149,2 dBs com seu Pajero equipado com Soundigital na trio profissional até 4 drivers.

Na final Sul, em Horizontina (RS), destaque para a dupla Airton e Matheus, da Infinity Som, que tocou 144,3 dBs na pancadão picape profissional até 4 falantes, com sua Montana equipada com Soundigital e Eros. Em Nova Serrana (MG), destaque para Vanderlei Gonçalves, da Ciclone, que trocou 154 dBs com sua carretinha equipada com Taramp’s na trio pancadão carretinha livre. Em Guarulhos (SP), destaque para o competidor Felipe Nunes, da 30 Hz, que cravou 158,6 dBs com seu Uno equipado com FB Áudio na SPL extreme 3+.

Em Itaguaí (RJ), a maior marca foi registrada por Anderson Gomes, da Treme Terra, que tocou 141,2 dBs com seu Celta equipado com JBL na SPL intermediário 2×15. Em Sumaré (SP), destaque para Marcelo e Alexandro, da Som Car, que  tocou 168,4 dBs com seu caminhão equipado com Taramp’s e Eros na pancadão caminhão. Destaque também para Glauber Marinho, da GPK Sandro Som, com quatro primeiros lugares com seu Corsa com Taramp’s e Eros e a maior marca de 158,4 dBs. Menção ainda para Maico Marchi, da 3D Som, com três primeiros lugares e maior marca de 161,4 dBs com seu Corsa com Taramp’s e FB Áudio na SPL intermediário 2×12.

Em Caruaru, (PE), destaque novamente para Sydnei Gomes, da Ney Som, que cravou 158,8 dBs com seu Corsa equipado com Corzus e Hinor na SPL profissional  2×12. Por fim, em Santa Luzia (MG), na final Mega Space, destaque para Rodnei Lopes, da Wsom,que tocou 145,6 dBs com sua Elba equipada com Taramp’s na trio pancadão 5 a 8 dispositivos. Confira os campeões de todas as etapas na página 90 e o ranking atualizado em: www.101eventos.com.br

Veja Também

DEIXE UMA RESPOSTA