Hot hatch crava cinco recordes em pistas da Europa; dê o play

Texto: Bruno Bocchini

Que os modelos hot hatch são invocados todos nós já sabemos, agora basta observar o comportamento do Honda Civic Type R para compreender que disputar com o modelo não é tarefa fácil, até mesmo para o Volkswagen Golf GTI Clubsport S.

A Honda acaba de anunciar que o Type R estabeleceu cinco novos recordes em circuitos famosos espalhados pela Europa — Silverstone, no Reino Unido (o circuito de GP); Hungaroring, na Hungria; Spa-Francorchamps, na Bélgica; Monza, na Itália e Estoril, em Portugal.

Os tempos de volta foram conseguidos com carros 100% stock, incluindo pneus de rua iguais aos que calçam os carros nas concessionárias. Claro, foram instalados equipamentos de segurança, como gaiola de proteção, que não melhoram o desempenho do carro, mas aumentam as chances de que o piloto saia com vida de um acidente.

O “tour” do Honda Civic Type R começou no mês de abril, em Silverstone, onde o piloto Matt Neal, tricampeão do Campeonato Britânico de Turismo (BTCC) completou o circuito em 2:44,45 debaixo de chuva. No mês seguinte, com tempo seco, Neal voltou até lá e baixou este tempo para impressionantes 2:31,85.

Já diante do circuito de Spa-Francorchamps, o piloto do Campeonato Mundial de Carros de Turismo (WTCC) Rob Huff virou 2:56,91 – número impressionante para um carro de tração dianteira em Spa. No circuito italiano de Monza, Norbert Michelisz, da equipe de fábrica da Honda no WTCC, virou 2:15,16.

Em terras portuguesas, o piloto Bruno Correia, que pilota o pace car do WTCC, cravou 2:04,08 no autódromo do Estoril. E para concluir os trabalhos em busca do “tempo perfeito”, novamente Norbert Michelisz virou 2:10,85 no circuito de Hungaroring. Quer mais? Só dando o play para sentir a “brincadeira”.

Veja Também

DEIXE UMA RESPOSTA