Impala 1965 Coupé flagrado em Las Vegas agrega sistema de som à classe e ao estilo que somente os modelos sessentistas possuem

Podemos até concordar com o ditado popular que garante que gosto não se discute. Mas também precisamos admitir que estilo, charme e imponência são características que os modelos sessentistas esbanjam, mais que outras gerações.

Imagine então um ícone desta década todo repaginado e atualizado, com acessórios que lhe dão ar mais juvenil, e um sistema de áudio com tecnologia que na época não passava de sonho.

O resultado disso é este Chevrolet Impala Coupé 1965, flagrado pela equipe de Car Stereo em Las Vegas, carro-show de um fabricante de car audio lá na terra do tio Sam.

A ideia inicial desta customização era renovar o aspecto visual da “barca” sem que ela perdesse suas características próprias e, ao mesmo tempo, proporcionar um upgrade tanto no que diz respeito ao conforto e dirigibilidade, quanto, obviamente, utilizar equipamentos da marca para criar um sistema de som potente e eficiente.

Arrumadinha

Nós não nos enganamos quando dissemos que se trata de um Impala Coupé. Acontece que o carro-show teve seu teto removido e agora a nova configuração lembra mais a de um conversível.

A pintura PPG no estilo saia e blusa praticamente finaliza a questão do novo look. A combinação de vermelho e bege deixou o veterano pra lá de moderninho. O estilo “gangsta” é realçado com a adesão de redondas de 20”, que rodam envoltas por pneus Pirelli de medidas 285x50x20, e de um kit de suspensão a ar airlift.

Tanto a frente quanto a traseira permanecem originais, exceção feita ao alisamento, que limou maçanetas e emblemas.

Quem vê cara…

Esqueça qualquer Impala que você tenha visto em sua vida. Por dentro, o protagonista desta reportagem não se parece com nada que a Chevrolet já tenha desenhado em toda sua história.

A começar pelo novo painel, em metal, minimalista, retrô e antitecnológico, que abriga sete instrumentos de medição, sem contar o velocímetro.

Volante da FR e nova forração e acabamentos se dividindo entre o couro, o carpete e a madeira dão ao Impala um conforto que a Chevrolet também jamais sonhou.

Sobe som

O porta-malas se transformou em um verdadeiro vulcão de graves e agudos. Mérito da Arc Audio, que o ocupou totalmente com equipamentos de sua linha Foose, assinada por ninguém menos que Chip Foose, a lenda da customização.

Desta série fazem parte os seis amplificadores dispostos na parede do bagageiro, os quatro subwoofers de 12” e os dois pares de kits duas vias acomodados na parte interna da tampa do compartimento, responsáveis pela reprodução de todas as faixas sonoras do conjunto.

Para não interferir no foco do projeto que é o áudio, nenhuma monstruosa modificação foi realizada no aspecto mecânico. Até mesmo porque o propulsor existente, um big block biturbo injetado, dispensa mais complementos. Se fosse preciso escolher um único adjetivo para resumir este projeto, o meu seria: magnífico! E o de vocês?

Quem fez:

Arc Audio

www.arcaudio.com

 

Parte externa

Teto removido

Pintura PPG no estilo saia e blusa

Rodas de 20”

Pneus Pirelli 285x50x20

Suspensão ar airlift

 

Parte interna

Revestimento e acabamentos em couro, carpete e madeira

Novo painel em metal com oito instrumentos

Volante FR

Som e multimídia

Amplificador Arc Audio linha Chip Foose

Subwoofers de 12” Arc Audio

Kit duas vias Arc Audio

Veja Também

DEIXE UMA RESPOSTA