Sistema de áudio de extrema qualidade montado em Volvo XC 60 R Design tem nas colunas dianteiras um de seus grandes diferenciais. Instalação é pedido do exigente proprietário!

Para quem se inicia no universo do som automotivo, qualquer batidinha mais grave vinda da parte de trás do carro, ou mesmo um simples aumento de volume, sem distorções, é motivo de alegria. Para aqueles que já passaram deste estágio, porém, é preciso muito mais para que os ouvidos se satisfaçam.

Imagine, então, para uma pessoa que tem no som automotivo um hobby há mais de 10 anos e que já montou sistemas pesados em carros como Chevrolet Tracker, Toyota Hilux, Mitsubishi Pajero, entre outros.

Este é o caso do empresário paulista Roberto Perrotta Junior, 44 anos, proprietário do distinto Volvo XC 60 R Design que ilustra esta reportagem.

Ele conta que se dedica a esta prática há mais de 10 anos. Boa parte deles, utilizando os serviços e absorvendo o conhecimento de Rodrigo de Paula, da Code Audio, de Guarulhos (SP). “Apesar de ter adquirido um conhecimento bacana sobre o assunto, com o próprio Rodrigo, eu nem opino muito. Apenas deixo o carro na mão dele. Nos meus carros é ele mesmo quem trabalha. Eu confio 100% nele. Ele conhece demais sobre o assunto”, afirma o proprietário.

Já ciente dos gostos e preferências do cliente – e amigo, como se refere a Roberto – Rodrigo não teve problemas para escolher os equipamentos a serem utilizados. “Tivemos apenas um fator limitador que foi a obrigatoriedade de trabalhar com a multimídia original do carro, mas mesmo neste caso, por se tratar de um veículo sofisticado, a central é bastante completa, então acaba compensando. O desbloqueio dela foi o único trabalho que tivemos. Ela já vem com vários recursos de fábrica”, lembra Rodrigo.

Sem minha coluna eu não fico

Rodrigo conta que em um primeiro momento Roberto solicitou que a originalidade do XC60 fosse inteiramente preservada. Acatando e compreendendo este desejo, Rodrigo montou o sistema de áudio com alto-falantes nos locais originais.

Dois meses depois de usar o carro com esta configuração, porém, Roberto voltou à loja e mudou de ideia. “Não dá mais pra ouvir um som sem a coluna com os falantes direcionados, tem como criar uma?”.

Rodrigo admite que já imaginava tal reação. “Nos outros carros dele, especialmente no último, um Pajero, ele tinha a coluna feita especialmente para o som, com os falantes posicionados para o palco sonoro. Depois que se ouve um som de qualidade com tamanha precisão é difícil se acostumar ou aceitar alguma coisa inferior”, explica.

Dito e feito

Missão dada é missão cumprida! Para satisfazer os exigentes ouvidos de Roberto, Rodrigo criou uma nova coluna, sobre a original, para não comprometer a originalidade do veículo, e nela instalou os tweeters de um kit três vias DLS, modelo UP 36. Os midbass deste kit foram acomodados nas portas, no local original e os midranges não foram utilizados.

Isso porque, em seu lugar, foram utilizados midranges da linha Scandinavia, também da DLS, que foram acomodados em pequenas caixas de 1,8 litro, também na coluna, abaixo dos tweeters. “Estes modelos trabalham de 200Hz a 4kHz”, detalha Rodrigo. Só para a criação destas novas colunas foram dedicados quatro dias inteiros de trabalho.

Ainda no interior, mas no volume traseiro, é um par de coaxiais, também da DLS, quem reproduz o som.

Cada um no seu quadrado

“O XC60 é um sedã e todo sedã precisa ter espaço no porta-malas, não é?”. Esta frase dita por Roberto deixa claro quais eram as prioridades no bagageiro. Pra lá de acostumado a trabalhar com espaços limitados, Rodrigo tratou de acomodar a aparelhagem nas extremidades do compartimento.

Visíveis sob um assoalho basculante estão um dos amplificadores Ground Zero Radioactive classe D, e o processador, Bit One, da Audison.

O segundo amplificador, mesma marca e modelo, foi posicionado sob o primeiro e, portanto, não fica visível.

Na lateral direita do porta-malas, ao lado de um display com nome e logo da loja, foi criada uma caixa selada de 18 litros. Ela abriga o único subwoofer de todo o sistema, um DLS RW10, de 10”.

Toda a fiação, inclusive os cabos RCA, são assinados pela DLS. Para combater vibrações incômodas na lataria, Rodrigo também submeteu o interior do XC60 a um tratamento acústico, por meio da utilização de manta STP.

“Não é justo dizer que se trata de um sistema voltado pra qualidade, pois este conjunto é voltado para a extrema qualidade. Os pontos positivos são tantos que se o Roberto quisesse colocar esse carro em um campeonato, certamente entraria para ganhar”, garante Rodrigo.

Empolgado com o arsenal, Roberto não deixa por menos. “É resultado de um trabalho de dedicação em todos os mínimos detalhes. Com esse sistema, com caixas criadas propriamente para ele e com a litragem exata, é possível ouvir o som no seu estado mais puro”, finaliza.

Se a tendência da dupla é evoluir a cada projeto, difícil é imaginar o que vem por aí em breve…

Veja mais detalhes no vídeo aqui!

Quem fez:

Code Audio. Tel. (11) 2451-8736. www.codeaudio.com.br

Ficha técnica

Volvo XC60 R Design

Som e multimídia

Kit três vias DLS UP36

Midranges DLS Scandinavia

Coaxiais DLS

Subwoofer DLS RW10

Amplificadores Ground Zero Radioactive classe D

Processador Audison Bit One

Cabos DLS

Veja Também

DEIXE UMA RESPOSTA