Chevrolet já inicia vendas do novo modelo na carroceria cupê; versões SS e conversível serão vendidas no começo de 2017

Texto: Bruno Bocchini

Se for careca, use um boné ou chapéu. Se for cabeludo, prepare-se para se parecer com um metaleiro. Para as mulheres a tarefa é fácil e um tanto quanto charmosa. Andar em um conversível soma emoção e prazer. É divertido, claro. E há sempre aquela vontade de nunca acabar o combustível. A Chevrolet apresentou a sexta geração do Camaro no Brasil durante o Salão do Automóvel de São Paulo (que ocorreu de 10 a 20 de novembro). A versão conversível também já está em terras brasileiras, mas só estará disponível no final do primeiro trimestre de 2017.

A partir de 2017 começam a chegar as versões SS cupê e conversível; só então os preços delas serão divulgados. As cores disponíveis para o Camaro serão amarelo, branco, preto, vermelho e azul, novidade.

Entre os auxílios para o motorista há vetorização de torque, controles de tração e estabilidade e quatro modos de direção: passeio, neve, esportivo e pista. O Camaro ficou ainda 5 cm menor nesta geração. O comprimento total é de 4,78 m, contra 4,83 na anterior. A largura caiu de 1,92 m para 1,89 m. Já a distância entre-eixos foi reduzida de 2,85 m para 2,81 m.

Já o motor está mais potente. O V8 de 6.2 litros ganhou 55 cavalos e agora desenvolve 461 cv. O torque subiu de 56,7 kgfm para 62,9 kgfm. A transmissão é uma inédita automática de 8 marchas. A GM ainda colocou um intensificador de som na cabine. Insano, não é?

Veja Também

DEIXE UMA RESPOSTA