Dodge Charger recebe preparação nervosa inspirada em fisiculturista norte-americano

Para quem é apaixonado por carros, e por preparação, qualquer coisa serve de desculpa, ou melhor, inspiração, para um novo projeto. James Torres, proprietário da Demented Customs, oficina norte-americana especializada em tuning e preparação, e que frequentemente vê suas crias publicadas nas páginas de Car Stereo, é o responsável pela máquina que vocês acompanham a seguir, em parceria com a empresa Hellion Power Sistems.

Para sua mais nova obra, James utilizou como “muso inspirador” o fisiculturista norte-americano Kenneth Wheeler, mais conhecido como Flex Wheeler, cinco vezes campeão mundial do Iron Man Pro, uma das principais competições de bodybuilders do mundo.

É fácil entender, portanto, como se deu a customização desde Dodge Charger 2007, já que foi inspirado em um intimidador fisiculturista de “modestos” 1,80m e 120 quilos. O propulsor 3.5L SXT original do modelo não era capaz de fazer jus à nova proposta, e acabou por dar lugar a um, não menos intimidador, motor 426 7.0L.

300 horas de trabalho

Foram quase duas semanas trabalhando em tempo integral no projeto. A nova configuração mecânica agora dispõe de uma transmissão SHR NAG-1, da oficina Southern Hot Rod, além do conversor de potência Pro Torque Performance. Na parte de baixo do V8 “Big Block”, pistões, bielas e virabrequim são forjados. Os cabeçotes receberam preparação de nível um, pela oficina. A taxa de compressão do sistema é baixa, por conta da sobrealimentação: 9.3:1.

O motor opera com um kit turbo Hellion Twin com duas turbinas Turbonetics de 64mm e o conjunto foi construído para andar com mais de 1,3 bar de pressão em cada turbina. O sistema de gerenciamento de Boost Controller é um Eboost2, e a configuração apresenta ainda válvula wastegate de 38mm, três bombas de combustível Walbro 255 e diferencial que suporta transferir até 1.000HP para as rodas. Os freios são da Brembo, série Gran Turismo, e possuem quatro pistões na traseira e seis na dianteira. A suspensão possui sistema do tipo coilover feito pela KW, modelo V2.

Agressivo

Não são apenas as entranhas da máquina que esbanjam testosterona. O seu visual acompanha muito bem a proposta agressiva da customização. O novo body kit, desenvolvido pela Grip Tuning, é outro destaque, bem como o aerofólio customizado, novas entradas de ar no capô, as grades personalizadas, e as portas, no estilo lambo-door. A coloração utilizada é da House of Kolor: Galaxy Gray sobreposta a outra tonalidade, o Orion Silver. Acompanham o visual rodas USW Blaze de 22” e pneus Pirelli.

Alto e bom som

O interior do bólido foi reestilizado. Enquanto as portas tiveram acabamentos em fibra de vidro e receberam a mesma tonalidade da parte externa, o teto foi forrado com camurça.

No entanto, o grande destaque fica por conta do generoso sistema multimídia que, apenas na cabine, dispõe de quatro monitores Concept, sendo dois de 7” e dois de 10”. Quem comanda o sistema é um DVD Pioneer AVIC-D3. A Memphis é quem assina o restante do projeto, com seu kit duas vias MSQ6, amplificadores classe D e subwoofers Mojo de 10”.

Resta saber se, com toda essa parafernália, Flex Wheeler e seu porte físico avantajado caberiam no veículo que ele mesmo inspirou. Esta informação, infelizmente, ficaremos devendo para vocês.

 

Quem fez:

Demented Customs

*Texto publicado na edição 159

Related Post

DEIXE UMA RESPOSTA