SAVEIRO: DA COR DA PAIXÃO

Por: Redação

Quando um simples hobby se torna um meio de concretizar sonhos, ele não é apenas mais um passatempo, mas um amor verdadeiro!

Nunca desista daquele projeto longo, custoso e difícil para o carro que está na sua garagem. Com a persistência, sonhos podem virar realidade.

Sonhos como troféus de campeonatos de tuning e som e, também, desejos como ilustrar uma matéria na sua revista favorita do assunto. “Meu objetivo era sair em uma revista e hoje estou concretizando esta meta”, comenta o empresário Yuji Kaji, de 49 anos.

Nem tudo foi fácil até então. Para conseguir as melhores referências, não basta paixão pelo tema, é preciso pesquisar o que está em voga no cenário internacional do tuning, escolhendo os melhores modelos e, finalmente,  decidindo quais modificações adotar.

“Sempre fui apaixonado por carro”, confessa o empresário. “Procuro me inspirar nos carros de fora, este foi assim, inspirado em modelos norte-americanos. Comecei a customizar a Saveiro, que estava toda original, e fui aos poucos tomando gosto pela personalização”.

A primeira impressão é causada, sem dúvidas, pela pintura em candy red completamente personalizada e pelas rodas HPD 20″, envoltas em pneus Toyo 235x35x20″.

Encaixar as redondas exigiu boa quantidade de alargamento das estruturas do para-lama e do para-choque, dispensando uso de fibra. O dragão pintado no capô completa a arte em conjunto com o look brilhante do exterior.

Os faróis também estão mais fortes, agora com xénon instalado. Não se engane com os retrovisores. Eles podem estar ali, mas nenhum espelho é utilizado. A visão é proporcionada por um sistema de câmeras que projetam a imagem em telas de 7 polegadas.

Para seguir à risca o manual do bom tuning, era necessário também realizar upgrades ao motor. A picape recebeu kit turbo com 0.8bar de pressão e intercooler, ganhando preciosos cavalos em potência.

Ainda sob o capô, peças foram cromadas, como injeção, tampa de válvula e cascata do alternador, além dos cabos de velas. Tudo para um visual impactante, como nos filmes!

Acabamento de primeira

O interior da Saveiro consegue se manter macio e equilibrado, mesmo com a alta quantidade de instrumentos aplicada ao painel.

Até mesmo o som fica discretamente alocado. O dono optou por volante, manoplas e pedais Shutt e por bancos San Marino com pintura customizada.

Os manômetros Castor medem parâmetros da suspensão, pressão de bomba de combustível, óleo do motor, entre outras funções, que incluem até mesmo shift light.

O som da cabine tem módulo Taramp’s TS800RMS atrás do banco, juntamente a um subwoofer JBL de 12″.

Por trás do outro banco dianteiro, está o crossover Stetsom STX84, na mesma caixa. Nas portas, há kits duas vias JBL coaxial e outro kit duas vias Bravox funcionando em conjunto.

Os suportes foram feitos em fibra e pintados em acordo com as últimas tendências observadas por Yuji. No comando, há um Pioneer AVH1480 2DIN. O sistema emprega cabos Taramp’s e voltímetro digital Stetsom.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here