Tecnologia embarcada é ponto alto do modelo que está no Salão

Texto: Bruno Bocchini

A Peugeot lançou dois SUVs no Salão de Paris deste ano. Um deles, o 3008, poderá ser visto de perto no estande da montadora. Na nova geração, o 3008 ficou mais “invocado”. As melhores novidades, contudo, são nos aspectos tecnológicos, em que o carro sofreu um grande salto. Ele pode oferecer controle de velocidade adaptativo, frenagem automática de emergência, alerta de fadiga, mudança de faixa e de colisão e monitoramento de ponto cego.

Seguindo a tendência de plataformas modulares da indústria, o SUV utiliza a forma EMP2, a mesma dos Citroën C4 Picasso e Grand C4 Picasso. Na comparação com a geração anterior, está 8 cm mais comprido (4,45 m) e 6,2 cm maior no entre-eixos (2,68 m) – a largura de 1,84m foi mantida. Mesmo assim, o novo 3008 está até 100 kg mais leve.
A Peugeot também implantou no 3008 a filosofia I-Cockpit, já presente no 208 e no 2008, que consiste em um interior com quadro de instrumentos com visualização acima do volante, este de diâmetro reduzido. Os mostradores ficam em uma tela de 12,3 polegadas, totalmente configurável. Toda a cabine tem aspecto moderno e até um tanto futurista, apesar dos botões.

Veja Também

DEIXE UMA RESPOSTA