Compacto tem carroceria que lembra carros de competição, mas mecânica “cansada” não garante diversão

Texto: Bruno Bocchini

A nova geração do March foi apresentada em setembro durante o Salão de Paris, mas esta que está exposta no Salão de São Paulo é a mesma à venda no mercado nacional, exceto pelas mudanças visuais: como a carroceria que lembra modelos de competição. Chamada de Midnight, a versão foi concebida pelo escritório brasileiro de design, localizado no Rio de Janeiro. Ela traz um para-choque dianteiro com uma enorme tomada de ar na parte inferior, pintura em dois tons, com vermelho na parte inferior e preto na superior, rodas e retrovisores escurecidos e aerofólio na traseira.

Embora tenha apelo esportivo, o modelo não garante diversão. O interior tem banco com costuras ressaltadas e detalhes em preto brilhante, como a manopla de câmbio e os comandos de áudio no volante. A transmissão CVT impede qualquer interação e o motor deve ser o mesmo 1.6 de 111 cavalos das demais versões naturais do compacto.

A marca não confirma a possível comercialização do modelo, ao que tudo indica, este é apenas um resultado do departamento de design brasileiro.

Related Post

DEIXE UMA RESPOSTA