Novo carro-show da Stetsom esbanja tecnologia em qualidade de áudio, sem abrir mão da potência

Potência. Esta provavelmente é a primeira palavra que ocorre ao leitor familiarizado com o universo do som automotivo se lhe pedirem para fazer uma associação com o fabricante de amplificadores Stetsom. E não está errado! Porém, no carro-show da marca que fez sua estreia na Automec, no final de abril, além da potência, outra característica chamava atenção no SUV da Honda escolhido para abrigar o sistema: a qualidade sonora. “A presença do carro foi essencial para mostrar ao público a experiência de se ter um carro com excelente qualidade sonora. Recebemos muitos elogios quanto à qualidade sonora e estética do projeto”, conta Thiago Calza, responsável pelo marketing da Stetsom.

De acordo com Thiago, com o sistema projetado para o CR-V, a Stetsom procurou destacar o que cada linha de amplificadores tem de melhor. “A linha Iron foi especialmente colocada para tocar a parte interna do veículo, as linhas High Line e Export Line para tocar a parte externa, e os processadores digitais para proporcionar total alinhamento, ajuste e controle do som, tanto na parte interna quanto na externa”, explica o responsável pelo marketing. “Este carro-show irá trabalhar com médias e baixas potências, priorizando a qualidade sonora. É isso que queremos mostrar a nossos clientes e parceiros”, finaliza Thiago.

A missão

Tanto o projeto quanto a execução do carro-show ficaram a cargo de Ivan Sérgio Payão de Oliveira, dono da loja System Sound, de Assis, no interior de São Paulo, há 24 anos no ramo. Ivan conta que presta serviços à Stetsom desde 1997. “Sou um dos primeiros clientes da empresa e desenvolvi uma relação de amizade com o pessoal de lá”, conta. “Entre projetos e upgrades, este é o 15º trabalho que faço para a marca”.

Ivan conta que o projeto para este CR-V 2010 foi uma ideia conjunta dele e da Stetsom. “Procurei saber como a empresa pretendia trabalhar com o carro, e descobri que ele seria usado para visitar clientes e demonstrar a linha de amplificadores menores da marca, com um sistema de mais qualidade e reforço nos graves”, resume o instalador. A encomenda da Stetsom à System Sound ficou pronta em janeiro, com folga para estrear na Automec. “Mas na última hora foram solicitados alguns ajustes e a CR-V saiu daqui da loja direto para a feira”, conta Ivan, que deu conta de todo o trabalho, que consumiu cerca de 400 horas, sozinho.

Leia mais:

Azera é pioneiro da cidade de Nioaque (MS) em som de altíssima definição
CHORA BOY: Gol Rallye rebaixado na fixa deixa concorrentes com sistema de suspensão a ar com a pulga atrás da orelha. 

Vamos ao que interessa?

E você deve estar se perguntando: “Já estamos no meio da reportagem e nada do som?”. Então vamos lá. Antes da instalação dos equipamentos, o interior do CR-V foi desmontado e recebeu tratamento acústico com manta, para evitar vibrações. O sistema é capitaneado por um DVD player Pioneer AVH-X5880TV.

Para a reprodução do estéreo no sistema interno foi escolhido um kit mid bass 6.2 da Ground Zero, com os médios alojados nas portas e os tweeters no painel, em suportes confeccionados por Ivan, para melhorar a ambiência e levantar o palco, dando mais fidelidade à reprodução musical. Esse kit é alimentado por um amplificador Iron 400.4 (médios) e Iron 280.4 (tweeters). Nas portas traseiras, foram mantidos os alto-falantes originais, que agora tocam impulsionados por um amplificador Iron160.2, específico para esse tipo de falante.

Cereja do bolo

No porta-malas, que abriga a maior parte dos equipamentos de som para fora, foi alojada uma peça única, móvel, na qual trabalham os demais falantes. No centro do compartimento, há uma caixa dutada de 65 litros cada câmara, onde funcionam dois subwoofers de 12” da Ground Zero, instalados com o conjunto magnético à mostra e alimentados pelo amplificador EX 3500 EQ. Essa caixa recebeu acabamento externo em curvin vermelho, e interno em adesivos decorados, com a parte frontal de acrílico de 20 mm. Entre as câmaras está um analisador de espectro. Uma vez rebatido o banco traseiro, esta caixa dá acesso tanto ao estepe quando aos itens da parte elétrica do sistema, em caso de necessidade de manutenção. O mesmo rack sustenta dois woofers GZ de 8”, servidos pelo módulo HL800.4, e outro kit de mid bass de 6,2”, também da GZ, ligado a um aparelho Iron 400.4. Todo o compartimento foi revestido com curvin preto e iluminado com LED’s. No assoalho, outra peça com tampa de acrílico abriga os amplificadores e os processadores do sistema.

O sistema, segundo Ivan, possui potência instalada de cerca de 5.500 Watts RMS. Uma fonte Infinite de 80 A permite que o carro toque por horas seguidas, como aconteceu na estreia da Automec.

Para quem ligava a marca Stetsom apenas à característica de potência, provavelmente, depois de ler esta reportagem, deve rever seus conceitos. Ou pelo menos ampliá-los.

Quem fez:

System Sound. Tel. (18) 3323-1629 ou (18) 99621-1629.

Ficha técnica

Honda CR-V 2010

SOM

DVD player Pioneer AVH X5880TV

Equipamentos Stetsom:

Amplificadores modelos EX 3500EQ, HL800.4, dois IR 400.4, IR 280.4 e IR160.2

Fonte Infinite 80 AP

Processadores STX 2448 e STX 2436

Sequenciador SQ7

Analisador de espectro ANX20

Voltímetro VT3

Voltímetro mini VT

Alarme

Jogo de cabos RCA Stetsom

Tablet SM-t350 Samsung

Dois subwoofers de 12” GZ

Dois woofers 8” GZ

Dois kits mid bass 6.2 GZ

Três disjuntores de 140 Amp

Porta-fusíveis de 4 vias

Bloco negativo de 4 vias

Duas baterias auxiliares de 80 Amp

Dois kits de LED multicolor

Jogo de LED’s tipo estrobo

CUSTOMIZAÇÃO

Bancos concha, pedaleiras, manopla de câmbio, tapetes e acabamento de pinça de freio Shutt

Envelopamento total

Veja Também

DEIXE UMA RESPOSTA