“Carro sem som para mim não é carro!” Neste caso, é seguro afirmar que este Gol G4 é um carro com “C” maiúsculo!

Absolutamente indispensável. Este é o grau de importância que o equipamento de som tem para os veículos de passeio de Tiago de Oliveira, preparador de montagem na Volkswagen de 26 anos.

É claro que outras características são quase tão importantes, como a suspensão fixa com novos amortecedores e eixo, que faz o “pretinho” repousar perfeitamente sobre as rodas de 18”, envoltas em pneus 205×35.

Mas prioridades são prioridades. “Sempre me preocupo primeiramente com o som. Apenas depois de satisfeito, começo a pensar em rodas e suspensão”, afirma Tiago.

Logo, assim que escolheu seu novo transporte para o trabalho diário, Tiago foi prestar uma visita à No Batente, não pela primeira vez.

Na realidade, a clientela já dura por anos. Quando se analisa o perfil da loja chefiada por Robert Diaz Ferraz, de 31 anos, fica fácil perceber o motivo de tamanha amizade.

Especializada em carros rebaixados com sons de todos os tipos, a loja oferecia em apenas um lugar todos os serviços que deixariam o Gol G4 Power mais “Power” do que nunca!

O porta-malas é preparado para causar uma impressão duradoura a quem esteja dentro ou fora do carro. Tudo foi orquestrado, desde o início, para proporcionar esta ambivalência, a pedido do dono, que gosta de frequentar eventos onde quer que se possa curtir um som bem alto!

No interior, tudo ainda está como saiu da fábrica. Por pouco tempo, é claro, pois Tiago ainda planeja muitas mudanças para o bola.

Apenas a unidade central foi modificada, dando lugar a um Kenwood Pandora, que reserva inúmeras utilidades não encontradas na original.

Com a entrada da música garantida, é hora de pensar na saída. Ou na enxurrada, como se poderia chamar o som!

Um amplificador Taramp’s 1000, instalado sob o acabamento em curvim, longe da visão, está conectado ao massivo subwoofer de 18″ Oversound. Este monstro foi instalado na caixa trapézio de 70 litros em posição invertida, verdadeiro segredo do resultado neste caso.

“O sub invertido garante um som mais seco direcionado para fora ao abrir o porta-malas”, explica Robert. Nas portas, kits duas vias Bravox fazem a parte das vozes, amplificada por um Hurricane.

Para transformar a pancada em pancadão, duas cornetas Selenium habitam o porta-malas, esbanjando decibéis. O cabeamento DAT blindado garante que tudo funcione sem falhas.

Até mesmo o projetista deste sistema se mostrou surpreso com o resultado alcançado. Ele apenas descreve o som como “muito violento”!

Quem fez:

No Batente. Tel. (11) 2758-4538/

www.nobatentesuspensoes.com.br

Kenwood Pandora

Amplificador Taramp’s 1000

Subwoofer Oversound 18”

Kit 2 vias Bravox

Amplificador estéreo Hurricane

Cabos DAT

Rodas 18”

Suspensão fixa

*Matéria publicada na edição #175 da revista Car Stereo.

Veja Também

DEIXE UMA RESPOSTA