Want create site? Find Free WordPress Themes and plugins.

Texto: Ademir Pernias
Fotos: Cléber Almeida/Setor 7

Amizade e paixão por carros modificados são o que move os integrantes do Crazy World Club, formado por um grupo de amigos na cidade de Campinas (SP). O clube foi fundado no final de 2014 e o nome surgiu da opinião que outras pessoas tinham deles, a de que fazíamos “loucuras” em seus carros quando os deixavam colados ao chão, ou os envelopavam inteiramente ou ainda quando os equipam com rodas insanas. Mas, acima do interesse pelos carros, está a amizade que permeia os encontros e as conversas entre eles. Saiba mais sobre o grupo na entrevista de um de seus fundadores, Hugo Conti, cujo carro, o Onix “roxo açaí” foi capa da edição passada da revista.

Car Stereo: Como surgiu o Crazy World Club?

Hugo Conti: O Crazy World Club foi fundado no final de 2014, com o fim da nossa antiga equipe, chamada “Os Insanos”. A iniciativa de criar o clube foi minha e de Danilo Panini. Somos amigos de infância, crescemos juntos e pensamos parecido sobre carros rebaixados e sobre ter um grupo para reunir a galera. O clube atua em Campinas (SP), e alguns membros moram em cidades próximas.

CS: Por que o clube tem esse nome?

HC: Estávamos conversando para definir um nome para o clube e muitos achavam que o que nós fazemos em nossos carros é uma “loucura”. Então misturamos o nosso mundo de carros rebaixados com loucura e veio o Crazy World Club.

CS: Qual é a finalidade de um clube multimarcas? O que existe em comum entre os frequentadores?

HC: A finalidade é curtir a paixão por este estilo de vida, de carros modificados e rebaixados. O que temos em comum é que todos gostam de modificar seus carros

CS: Quantos membros ativos possui o clube?

HC: Hoje estamos com 10 membros.

CS: Quais atividades são normalmente realizadas pelo clube?

HC: Normalmente frequentamos o encontro da Equipe AFR288, de Campinas. Eles fazem um encontro semanal, toda sexta-feira, e comparecemos também aos encontros realizados pelo Car Club Campinas e encontros da Life Style2012, que acontecem esporadicamente. De vez em quando organizo um churrasco em minha residência, com os amigos do clube.

CS: Normalmente onde acontecem os encontros?

HC: Geralmente os encontros a que os membros do Crazy World comparecem é no Glutão, no bairro Taquaral. Lá é o encontro de amigos nossos da AFR 288 e comparecemos para trocar ideias com todos.

CS: Para participar do Crazy World Club é preciso ser proprietário de  algum carro? De qualquer ano, modelo ou marca?

HC: Quando iniciamos o clube, a primeira coisa que determinamos é que não haveria descriminação. Aceitaríamos todos, seja com carro novo ou não, com carro ou sem carro. O que queremos é a amizade, portanto colocamos em nossa camiseta a seguinte frase: “Amizade vale mais que lata”.

CS: O Crazy World Club possui relação com outros clubes de outras cidades e regiões?

HC: Sim, procuramos ter amizade com todos, entre eles o Car Club Campinas, Life Style2012,Carros de Rua, AFR288, Suave na Nave, entre outras equipes.

CS: O cube apenas oferece atividades de lazer, ou existe algum benefício, como descontos em algumas lojas, por exemplo, para que é membro?

HC: O clube não oferece nenhum benefício, pois nosso foco são os amigos. Mas, pelo fato de conhecermos pessoas que trabalham no ramo automotivo, fazemos algumas indicações que acabam gerando descontos.

CS: Os membros devem pagar algum tipo de contribuição?

HC: Os membros não pagam nenhuma contribuição, pois não queremos lucrar, mas sim unir os amigos, trocar ideias etc. A única coisa cobrada pelos membros são os valores de camiseta e adesivos.

CS: O clube possui website próprio ou página oficial no Facebook para que pessoas de fora possam conhecer e acompanhar as atividades de vocês?

HC: Temos uma página no Facebook : https://www.facebook.com/Crazy-World-Club-266611463464134/?fref=ts

CS: A customização é regra para os participantes do clube? Quais são os tipos de customizações mais comuns entre os participantes?

HC: Não chega a ser uma regra, mas o mínimo é ter o seu carro rebaixado. Mas caso não seja e queira fazer parte desse ciclo de amizade é sempre bem-vindo. Mas é bem comun, entre nossos membros, ter seus carros rebaixados, com rodas, envelopado, som e algumas outras mudanças que cada um faz em seu carro,

CS: Quais são os carros mais “crazy” do clube?

HC: Um deles pertence a Éderson Kauê, proprietário de um Voyage G5 prata montado com aro 17” do Golf GTI Europeu, suspensão a ar de meia polegada e, para ficar mais estiloso, com teto black piano com rack de teto. Outro destaque é meu Onix envelopado de roxo fosco metalizado com sapatos aro 17 tala 8,5, rebaixado no sistema de suspensão a ar (que foi capa da edição anterior da revista). Já os outros são mais “normais”, carros com rodas especiais, rebaixados na fixa, rosca etc. Temos dois membros que estão com seus carros parados em fase de projetos. Um deles é o David, proprietário de um Gol quadrado que está reformando seu carro para volta aos encontros com interior diferente e com rodas “engolindo lata”, e o outro fundador do clube,  Danilo, que está quase no fim de seu projeto para andar com seu Gol rebaixado na aro 18 engolindo rodas. Esses são os mais “crazy” que estão por vir.

Did you find apk for android? You can find new Free Android Games and apps.

DEIXE UMA RESPOSTA