Em meio a um cenário desfavorável ao tuning extremo no país, este Vectra aparece para tentar provar que o coração da modalidade ainda bate

Novo para-choque com visual mais agressivo, iluminação em LED por toda parte, dentro e fora do carro, cabine e porta-malas totalmente customizados.

Até parece que estamos falando de um carro do início da última década, quando o tuning explodia em todas as paradas graças a filmes de cinema que se tornavam cada vez mais populares.

Mas as características descritas são só uma parte do que este Vectra tem a oferecer para seus passageiros, em pleno ano de 2012! Embora os profissionais do setor declarem a modalidade do tuning extremo como passado absoluto, o carro prova que, para quem tem vontade, ainda é possível encontrar peças em preço razoável e profissionais dispostos a montar aquele carro que habita o fundo da imaginação.

Quem apresenta este incisivo projeto é Roberto Vanucci, dono do carro e também da Oversign, loja na capital paulista especializada em envelopamento líquido, técnica que também foi aplicada ao possante em questão.

Aliás, esta não é a primeira vez que este Chevrolet passa por uma completa “troca de pele”. Roberto conta que, uma vez por ano, sem falta, muda completamente a cor do envelopamento, para não ficar entediado com o visual externo do carro.

A escolha desta vez recaiu sobre o camaleão, que garante um tom misturado entre azul e vermelho, mas que muda de cor dependendo da iluminação e do ponto de vista. Este serviço, de acordo com o dono, começa a se tornar cada vez mais freqüente.

Ainda no lado externo, foram colocados faróis tuning na frente e atrás, além de mudanças ao corpo com o novo para-choque importado e instalado pelo próprio dono.

Calçando o conjunto, estão as rodas de 17” da BRW, em um de seus modelos mais recentes. O capô também foi completamente substituído pelo modelo visto nas fotos, cortesia de um cliente, que possuía a peça e aceitou a troca pelo capô original do Vectra.

vectra customizado

Atração fatal

Na hora de transformar o interior de seu veículo, Roberto não quis nem saber das tendências atuais de manter a originalidade.

A cabine conta com tapetes de alumínio, que se destacam juntamente aos relógios laterais e ao contagiro, todos aplicados em locais devidamente preparados. Não foi preciso cortar as colunas em nenhum momento, mas o estilo do interior tornou-se muito diferente do original.

O painel recebeu luzes em LED da cor azul, que se destacam melhor no escuro. O motivo? “A cor original era feia”, atesta o proprietário. Mas nem tudo é puramente estético neste projeto.

Os relógios não estão à toa, afinal, o motor aspirado e recebeu preparação, envolvendo alterações ao chip de potência. Roberto confessa que a aceleração está muito mais eficaz após esta preparação!

 

Relaxe um pouco

vectra customizado

Não é porque este Vectra está mais veloz que nunca, que os passageiros não podem aproveitar a viagem com um potente sistema de som e multimídia.

Na frente, o aparelho de som original deu lugar a um Pioneer, com entrada USB e maiores funções de equalização de áudio. Nas quatro portas, sem precisar de cortes ou furos, os falantes foram substituídos por kits duas vias JBL Selenium.

O porta-malas, é claro, não poderia deixar de acompanhar o estilo moderno dos visuais do carro. Ele recebeu decoração feita com tubos de plástico e luzes em LED, tudo protegido pela tampa em acrílico.

Quando o conjunto está ligado, os tubos ficam parecendo de metal, graças à tinta especial que receberam, causando grande efeito. No compartimento estão instalados os dois subwoofers Corzus de 12”, cada um acomodado em uma caixa de acrílico de 20mm com capacidade para 50 litros, somando 100 litros no total.

O espaço utilizado para os subs só ficou disponível no carro porque o banco traseiro foi removido, atitude que rendeu algumas complicações envolvendo burocracias e documentação.

Roberto reclama sobre o assunto e, inclusive, atribui a queda em popularidade do tuning no Brasil às barreiras que a nossa lei impõe sobre modificações estéticas aos veículos. Ainda na tampa traseira, está uma tela de 22”, que recebe sinal de TV digital para entreter convidados quando o carro está estacionado.

Os comentários sobre este Vectra tuning variam, mas geralmente, são positivos. “O pessoal fala que é um projeto muito forte”, comenta Roberto.

“Não é todo mundo que tem coragem de fazer tudo isso, mas mesmo assim, uso o carro no dia a dia normalmente, motivo pelo qual não rebaixei a suspensão”, completa.

Se depender de motoristas como este, as grandes modificações estéticas nunca estarão fora de moda. No final das contas, nadar contra a maré pode se provar um divertido passeio!

vectra customizado vectra customizado vectra customizado

vectra customizadovectra customizado

Quem fez:

Oversign. Tel. (11) 3989-8329

*Texto publicado na edição 159 da revista Car Stereo

Veja Também

DEIXE UMA RESPOSTA