Modelo encara um bloco V8 que resulta em muita força: drift perfeito!

Texto: Giovanne Formis     

Esse é o GT4586, um esportivo diferente de tudo o que você já viu. Isso porque ele carrega um motor italiano de alto desempenho e tecnologia em um carro relativamente barato.

O trabalho ousado de preparação e adaptação teve um grande desafio: o V8 da Ferrari 458 Italia fica em posição central-traseira, o que exigiu “drible” na hora de adaptar o coletor de admissão.

As especificações do motor foram mantidas próximas das originais, com exceção de um novo módulo MoTec, calibrado para o novo regime de funcionamento do motor. Aliás, isto também exigiu que a caixa de dupla embreagem fosse trocada por uma transmissão sequencial Tilton, feita para picapes de competição off-road.

Com tamanha potência à vista, o sistema de arrefecimento precisou ser totalmente refeito: os radiadores ficam na traseira, e recebem ar frio por um duto no teto; a caixa de direção foi alterada para aumentar o ângulo de manobra das rodas, e todo o monobloco recebeu reforços estruturais para suportar a potência quase três vezes maior que a original. Vai dizer que não dá vontade de acelerar um?

Veja o vídeo da “brincadeira”.

 

Veja Também

DEIXE UMA RESPOSTA