O modelo trabalha com menos sensores, mas tem maior capacidade de processamento

A Ford acaba de revelar o protótipo do Fusion Hybrid autônomo de nova geração que será exibido ao público pela primeira vez nesta semana durante a CES e no Salão Internacional de Detroit, nos EUA.

Os novos sensores LiDAR, instalados no teto, têm um design mais elegante e um campo de visão mais focado o que permite ao carro usar agora apenas dois sensores, em vez de quatro. O modelo usa a plataforma atual de veículo autônomo da Ford, mas com maior poder de processamento e sensores, incluindo seu reposicionamento, possibilitando que o carro veja melhor o que está ao seu redor.

fusionautonomo-3

O novo modelo também avança nos dois elementos principais para a criação de um veículo autônomo – a plataforma, que é uma versão atualizada do carro em si, e o sistema de direção virtual. Esse desenvolvimento faz parte do plano da Ford de iniciar a produção em alto volume de um veículo totalmente autônomo de nível 4 da SAE para operação comercial em 2021, em serviço de compartilhamento ou carona.

Com base em mais de uma década de pesquisa em veículos autônomos, o primeiro carro totalmente autônomo da Ford será um modelo de nível 4, conforme definido pela Sociedade de Engenheiros Automotivos. Ele será projetado para operar sem volante, acelerador ou pedal de freio, para uso em serviços comerciais de compartilhamento ou carona dentro de uma área geográfica limitada.

Veja Também

DEIXE UMA RESPOSTA