Texto: Bruno Bocchini
Fotos: Divulgação

Ter um carro pocket rocket tem suas vantagens: praticidade, relação peso/potência e, principalmente, muita diversão ao volante. É a regra que norteia os entusiastas de carros pequenos, mas com mecânica nervosa – e o Mini Cooper S está aí para comprovar também. O 500 Abarth, versão preparada pela divisão esportiva da marca, acaba de ganhar mais potência, além de adotar o visual do subcompacto reestilizado em 2015.

O motor 1.4 turbo ganhou cinco cavalos em todas as variantes do Abarth 595 – com 147 cv no modelo de entrada, 167 cv no Turismo e 182 cv na versão Competizione. Essa última acelera de 0 a 100 km/h em apenas 6,7 segundos. Ambas as configurações trabalham em conjunto com a caixa manual de cinco marchas ou automatizada com opções de trocas manuais por aletas.

News_Pocket_500 (1)

O interior conta com assentos de abas laterais mais pronunciadas para apoiar melhor o corpo nas curvas, acabamento em fibra de carbono e couro Alcantara. Há também novo volante e painel de instrumentos – mas o estaque vai para a central multimídia com tela de 5 polegadas (opcional de 7″) com aplicativo de telemetria que expõe informações de condução e desempenho, bem como o sistema de som da Beats com 480W. O Abarth 595 chega ao mercado europeu em junho.

No visual, o Abarth 595 adota as mesmas mudanças do 500, mas com mais ousadia. As alterações incluem novas luzes diurnas em led, além de faróis de xenônio como opcionais. Há também para-choques com maiores aberturas de ar que elevaram a capacidade de refrigeração em 18%, difusor traseiro e rodas de 17 polegadas 7% mais leves com maior superfície de ventilação.

DEIXE UMA RESPOSTA