O novo Ford Fiesta ST Performance que o Brasil nunca verá

Com o anúncio do fechamento de sua fábrica em São Bernardo do Campo/SP, a Ford anunciou que também deixaria de produzir o New Fiesta em nosso País, assim como seus caminhões. Posteriormente, a CAOA anunciou a aquisição da fábrica, assim como a montagem dos caminhões da marca do oval azul.

Mas essa mudança não envolveu a volta do New Fiesta e, a notícia que caiu como uma bomba para os fãs da marca e do modelo, fez com que uma nova e premiada geração do modelo ficasse distante dos brasileiros.

Mas como olhar não custa nada, para o Velho Continente, mais especificamente para o mercado britânico, a Ford revelou uma série especial do hatch “envenenado”.

O Fiesta ST Performance terá apenas 600 unidades comercializadas, e será um pouquinho diferente do Fiesta ST “comum”. O modelo da edição limitada terá suspensão especial, com amortecedores e molas específicas para a competição. Além disso, o modelo vem com rodas de 18 polegadas forjadas, fato que permite uma redução de até 7 kg por roda. Fora isso, o ST Performance será vendido somente na configuração de duas portas e na cor laranja.

Segundo divulgado pelo site Auto+, a suspensão da Ford Performance foi testada por um longo período no circuito de Nurburgring, e fará com que o modelo fique 15 mm mais baixo à frente e 10 mm atrás. Ela também será ajustável e o condutor poderá trabalhar na afinação que achar mais adequada. Serão 12 níveis de calibração, sendo seis para deixá-la mais rígida, e outras 6 voltadas ao conforto.

No entanto, o motor não sofreu alterações: continua o mesmo 1.5 litros turbo de três-cilindros Ecoboost, que gera 200 cv e 29,57 kgfm de torque. Com ele, o modelo faz 0-100 km/h em 6s5 e tem máxima de 232 km/h.

O Ford Fiesta ST Performance custa “apenas” 3.500 euros a mais que o Fiesta ST comum. E aí, queria ou não um desses rodando no Brasil?

Fotos: Divulgação/Auto+

You don't have permission to register