Campeonato com oito etapas começa neste fim de semana, em Campo Grande (MS)

Mais nova categoria do automobilismo nacional, a Copa HB20, também conhecida como HB20 Motorsport, começa neste fim de semana, em Campo Grande (MS). Em sua estreia, a competição vai contar com 20 pilotos no grid, entre novatos e veteranos, que vão correr com uma versão do hatch compacto HB20 preparada a partir do modelo R spec de série.

Conheça quem são, o número dos carros e o tipo de participação de cada um dos pilotos da Copa HB20:

Betão Fonseca 60 Dupla   Kleber “Eletric” Barcellos 70 Solo
Bruno Testa 15 Solo   Luís Ornelas – Lula 55 Solo
César Fonseca 60 Dupla   Luiz Albuquerque – Lula 6 Solo
Christiano Bornemann 42 Dupla   Marcelo Zebra – Zebrinha 13 Solo
Daniel Nino 18 Solo   Odair dos Santos 74 Solo
Diego Augusto 44 Solo   Raphael Abbate 20 Solo
Edgar Colamarino 5 Solo   Robinson Molly 11 Solo
Eduardo Doriguel 33 Solo   Sandro Siqueira 111 Dupla
Lucas Bornemann 42 Dupla   Wagner Cardoso 00 Solo
Luciano Viscardi 111 Dupla   Witold Ramasauskas 113 Solo

A Copa HB20, em sua primeira temporada, conta com dez patrocinadores, sendo eles a Mobil, na categoria Master; a Gabardo Transportes e a Hyundai Financiamentos, como patrocinadores Ouro; Autoavaliar e HDI Seguros, na categoria Prata; e na Bronze, Beta Ferramentas, DealerNet, Hyundai Mobis, Pirelli e Webmotors.

“A intenção da Hyundai é engajar os apaixonados por automobilismo com essa inédita temporada de corridas monotipo, promovendo o modelo HB20 em todo o Brasil. Para os pilotos, teremos a Copa HB20 como uma das categorias mais acessíveis do cenário nacional, o que será possível devido ao elevado índice de resistência mecânica e estrutural do HB20, garantindo um custo mais baixo por corrida, em comparação com outras competições. A expectativa é termos ‘pegas’ incríveis em todas as etapas, com muita emoção e diversão para todos”, comenta Jan Telecki, gerente geral de Marketing da Hyundai Motor Brasil.

POR DENTRO DA COPA HB20

Quanto custa uma temporada da Copa HB20?

O investimento previsto para a temporada completa da Copa HB20, por veículo inscrito, é de R$ 200 mil, o que contempla um pacote de serviços que permite ao piloto apenas “sentar e acelerar”, com base no conceito seat and drive.

O que é oferecido para cada piloto?

O valor de R$ 200 mil pela temporada contempla o veículo durante o período do campeonato, sua manutenção e a preparação para cada etapa; o suporte de engenheiros, mecânicos e telemetristas a cada etapa; a logística do veículo para cada autódromo; a estrutura de pista e autódromo; um (1) novo jogo de pneus para cada etapa (serão usados às sextas, sábados e domingos) e combustível para todo o final de semana.

Como é a preparação dos carros?

Baseados no HB20 R spec de série, com motor 1.6 e transmissão manual de seis velocidades, os carros que vão compor o grid devem ser rigorosamente idênticos entre si e apresentar o desempenho e a segurança exigidos pela Hyundai. Todos os veículos foram produzidos em um lote único, na fábrica da montadora, em Piracicaba (SP), e, posteriormente, preparados por uma equipe também única chamada H-Racing, com os mesmos equipamentos resistentes e duráveis, para garantir que nenhum piloto fique em desvantagem e, principalmente, proporcionar maior sinergia dos custos envolvidos.

A configuração recebida vai possibilitar atingir com a “potência máxima de roda” uma cavalaria 20% superior à original – cerca de 160 cv –, podendo alcançar 200 km/h.

Como os carros saem da fábrica?

Todos os carros, baseados na versão R spec de série, saem de fábrica pintados na cor branca, sem bancos, acabamento interno, quadro de instrumentos, sistema de áudio e de ar-condicionado, estepe e janelas laterais.

O que é acrescentado nos carros pela H-Racing?

A H-Racing acrescenta reforço estrutural no habitáculo do piloto (santantônio), composto por arco em aço-carbono com oito pontos de fixação, cinto de segurança com seis pontos, extintor de incêndio, sistema de telemetria, injeção ProTune PR4, policarbonato nas janelas laterais e na tampa do porta-malas, suspensão de competição e rodas 15×6 R spec. Também são acrescentados banco esportivo tipo concha, provado e aprovado por cada piloto, e identificação visual dos carros, conforme os patrocínios exclusivos dos competidores.

Quantos carros foram preparados no total?

26 carros.

Quantas etapas serão realizadas?

A Copa HB20 terá oito etapas que acontecerão aos finais de semana, no formato “rodada dupla” para os carros, ou seja, haverá duas corridas que vão garantir o mesmo número de pontos na classificação geral. A meta é reduzir custos, já que os pilotos utilizarão as mesmas estrutura e logística, sem prejudicar o lado esportivo do campeonato. O total será de 16 provas na temporada.

Como será a transmissão das corridas para o público fora dos autódromos?

Haverá transmissão ao vivo pela BandSports da corrida do domingo com resumo da prova do sábado em cada etapa.

Calendário da Copa HB20

–   14/04, em Campo Grande (MS)

–   02/06, em Londrina (PR)

–   14/07, em Curvelo (MG)

–   18/08, em Santa Cruz do Sul (RS)

–   06/10, em Tarumã (RS)*

–   27/10, em Curitiba (PR)*

–   08/12, em São Paulo (SP)

–   Uma etapa para completar o calendário será anunciada em breve.

 *Sujeito a confirmação.

A primeira etapa da Copa HB20 acontece neste fim de semana, no Autódromo Internacional de Campo Grande, na capital sul-mato-grossense. No sábado (13), a largada é às 14h45*, enquanto no domingo (14) a corrida começa às 15h*. A transmissão pela BandSports será no domingo a partir das 14h25*.

*Horário de Brasília.

O que acontece no fim de semana da corrida?

A Copa HB20 compartilha o calendário com a Copa Truck e a Mercedes-Benz Challenge. Para a Copa HB20, a programação começará na sexta-feira com treinos livres. No sábado, serão realizados os treinos classificatórios, seguidos das duas provas do fim de semana – uma no sábado e outra no domingo. Os horários das corridas poderão variar conforme os locais, em função da programação da transmissão ao vivo pela TV.

Parceiros na realização da Copa HB20

H-Racing: criada pelos empresários Daniel Kelemen e Carlos Henrique Martins, a H-Racing é responsável por preparar e manter os veículos de competição, assim como prestar todos os serviços dedicados aos pilotos. Sob o guarda-chuva da H-Racing, estão:

–   veículos e preparação;

–   engenheiros, mecânicos e telemetristas;

–   combustível e um jogo de pneus para cada final de semana de competição;

–   logística de transporte do veículo;

–   suporte na elaboração da identidade visual do veículo;

–   estrutura de apoio e hospitalidade para pilotos em pistas e autódromos.

Fotos: Divulgação

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here