Volvo revela nova plataforma para carros compactos

Texto: Tatiana Rudigher
Foto: Divulgação

A fabricante sueca Volvo apresenta a plataforma Compact Modular Architecture (Arquitetura Modular Compacta, ou CMA), uma versão menor, mas igualmente avançada da Scalable Product Architecture (SPA), usada no XC90.

Esse conceito vai possibilitar o aumento da variedade de modelos compactos na série de produtos da marca, e permitirá a participação em novos segmentos de mercado. Além disso, a apresentação da CMA indica que todos os carros da Volvo Cars no futuro serão produzidos em apenas duas plataformas totalmente ajustáveis e modulares.

Confira no vídeo:

O objetivo é a substituição de todos os carros da série nos próximos quatro anos e o aumento significativo do volume anual de vendas globais, projetado para 800 mil unidades. Essa estratégia de crescimento e renovação de produtos da Volvo Cars começou com o lançamento do XC90 e segue com o próximo produto da marca, o inédito sedã de luxo S90, que será apresentado em breve.

Tamanho não é documento

A plataforma CMA permite a Volvo Cars desenvolver automóveis compactos com o mesmo nível de qualidade e benefícios encontrado em carros maiores, produzidos na SPA.

Compartilhando as últimas tecnologias aplicadas pela Volvo entre as arquiteturas SPA e CMA, incluindo motorizações (tanto as convencionais como as variantes híbridas plug-in), sistemas de climatização, entretenimento, transmissão de dados e principalmente segurança, a montadora acredita que está no caminho para atingir sua visão de não ter vítimas fatais ou feridos graves dentro de seus novos carros em 2020.

O vice-presidente sênior de Pesquisa e Desenvolvimento da Volvo Cars, Peter Mertens, diz que a flexibilidade da CMA dá liberdade aos designers e engenheiros da Volvo, permitindo a eles desenvolver e lançar uma extensa gama de funções novas e atraentes, além de, ao mesmo tempo, aprimorar a dirigibilidade, oferecendo tecnologias de segurança e de conectividade de ponta. “Nós desenvolvemos essa nova plataforma com componentes “plug an play”. Isso significa que a nova geração de carros compactos da Volvo será beneficiada com as avançadas tecnologias já disponíveis no XC90”, completa Mertens.

O primeiro carro produzido na arquitetura CMA deverá ser lançado em 2017. Qual será o próximo passo?

 

Veja Também

Compartilhar
Artigo anteriorObra de artista
Próximo artigoNeue Produktions

DEIXE UMA RESPOSTA