Texto:Vitor Giglio Fotos Ricardo Kruppa

Um híbrido de modelos GMC, picape de californiano, descendente de mexicanos, é sensação em edição 2012 do SEMA Show

Dentre todos os estados norte-americanos, a Califórnia é, sem dúvida, aquele que apresenta uma maior diversidade racial. Até mesmo por se tratar de um estado que faz divisa com o México, o número de californianos descendentes de latino-americanos é muito grande.

Essa característica­­ é diretamente responsável pela pluralidade cultural vista na região. Essa diversidade é algo que se expande, inclusive, para o segmento de customização automotiva.

Car Stereo esteve, mais uma vez, presente no SEMA Show – maior evento mundial voltado para acessórios automotivos – cuja edição 2012 aconteceu entre os dias 30 de outubro de 2 de novembro, no tradicional Las Vegas Convention Center, e pudemos novamente nos tornar testemunhas oculares deste que é um dos estilos de customização mais exóticos da atualidade: o californiano.

La Reina

Um dos carros que mais chamaram a atenção durante esta edição foi esse veículo que, à primeira vista, dificulta seu reconhecimento até mesmo para os aficionados. La Reina, a expressão em espanhol que corresponde a “a rainha”, em português, é o nome dado ao truck por seu proprietário, Hector Esquivel, conhecido também pelo apelido de Zacatecas, um norte-americano criado na Carolina do Sul, que reside em Pasadena, Califórnia, descendente de mexicanos, e que atualmente ostenta o cargo de presidente do Nokturnal, um clube automotivo de Los Angeles. “Levei dois anos para construir La Reina e o resultado simplesmente não poderia ter sido melhor”, afirma o proprietário.

A picape, originalmente, respondia por um exemplar de Chevy Tahoe, duas portas, modelo 1998. A nova frente desenvolvida, no entanto, é de uma GMC Denali 2012, transformando o modelo de Zacatecas em um híbrido.

Exótico

Quando falamos sobre o visual do modelo é difícil não pensar em palavras como diferente, ousado, excêntrico ou exótico. A coloração aplicada, um sundance gold, somada ao desenho da garota de pernas cruzadas no capô, transmitem um ar latino, um aspecto de que o veículo foi desenvolvido para rodar na orla da praia durante o verão. Méritos então para a oficina México Colision Center, responsável por esta parte do projeto. As partes cromadas receberam desenhos como tatuagens. Ainda na parte externa, as novas grades da GMC são assinadas pela Tiarra, e o modelo foi também rebaixado e recebeu um novo body kit personalizado que leva a assinatura da Sik Favrikations. Completam o look portas que se abrem no estilo suicide e nada modestas rodas de 28” da Asanti.

Substituições

Indubitavelmente o apelo visual é o grande mote desta customização. Nem por isso, no entanto, outros aspectos foram deixados de lado. Como, por exemplo, a mecânica, que viu a troca do proprulsor small block 350 original por um stroker 383, cujos componentes foram cromados quase que em sua totalidade. Além disso, um novo kit de freios também aderiu ao projeto, e quem ancora a GMC agora é um conjunto da Baer.

No interior, o painel da Tahoe deu lugar a outro modelo também da GMC, no entanto, um design da linha 2012. Os instrumentos de medição deram lugar a exemplares digitais e a alavanca de câmbio deixou a caixa de volante e foi para o assoalho.

Todo o revestimento e acomodações internas foram delegadas à loja especializada Califórnia Upholstery, que adotou assentos de um modelo T-Bird 1965.

Para finalizar, um sistema multimídia foi projetado utilizando integralmente equipamentos e acessórios Audio Factory, como os quatro subwoofers de 15”, os kits componentes e alto-falantes de 6,5”.

Reconhecimento

Sem dúvida alguma o maior prêmio para a rainha de Zacatecas foi se tornar o primeiro destaque, dentre todos os carros do SEMA Show, nas páginas de Car Stereo. No entanto, nossa publicação não foi a única a dar o devido valor a esta customização, já que o modelo também foi eleito Dub do ano pela Dub Magazine, e truck do ano pela Lowrider Magazine, ambas norte-americanas. Será que o segredo está no sangue quente que só os latinos possuem?

Quem fez:

California Upholstery – www.californiaupholstery.net

* Texto publicado na edição 160

Veja Também

DEIXE UMA RESPOSTA