Texto: Vitor Giglio
Fotos: Ricardo Kruppa

Só tem uma paixão nacional que se compara ao futebol quando o assunto é a transmissão hereditária dos gostos e preferências: a paixão por automóveis. Em muitos casos, a adoração dos adultos por modelos específicos tem origem lá na infância, seja por ver o pai dirigir algum modelo ou apenas porque determinado carro sempre foi o sonho de consumo da família.

Fato é que, assim como o futebol, para muitos entusiastas, a paixão nasce lá no começo da

vida, e vem se aperfeiçoando e moldando com o passar dos anos.

Você se identificou com essa história? Pois saiba que, no caso, estamos falando de Leonardo Fernandes, 39 anos, funcionário público de Guarulhos, na Grande São Paulo.

Apaixonado por Fuscas “desde moleque”, como ele mesmo define, Leonardo finalmente realizou o sonho de ter um carro parecido com o de seu pai, quem o influenciou de maneira decisiva neste hobby. “Meu pai sempre teve Fusca. E hoje é um orgulho ter um carro assim, parecido com os que ele teve. Fico muito satisfeito e feliz por finalizar um projeto desses. Foi tudo muito bem pensado e planejado, não foi feito de uma hora pra outra”, conta orgulhoso.

Upgrade

Um importante detalhe consta no interior deste “modelo Itamar” 1995, mas não constava nos carros antigos de seu pai: um sistema de som extremamente voltado para a qualidade de reprodução. “Na verdade som é uma paixão que eu também tenho há muito tempo, mas antigamente não tinha como pensar em montar algo assim, era tudo muito caro”, revela.

Unindo o útil ao agradável, Leonardo solicitou os serviços de Rodrigo de Paula, da Code Audio, também de Guarulhos, para elaborar o projeto de áudio. “Pode ver que só tem equipamentos de alta qualidade e, além disso, não tem um produto que seja de uma linha de entrada. É um sistema de qualidade bastante sofisticado”, afirma o profissional.

Um CD player Alpine, modelo CDE HD 149BT é quem comanda todo o arsenal. Para não utilizar as portas do Fusca – com o intuito de preservar a originalidade do carro – Rodrigo montou os falantes médios de um kit duas vias JL Audio C5 em pezinhos (pequenas caixas acústicas, de 7 litros, acomodadas sob o painel, próximas do assoalho). Já os tweeters foram abrigados em novas colunas, sobre o painel, perto do vidro, já direcionados para uma mais exata sensação de palco.

Serviço limpo

Os demais componentes do sistema foram instalados com tamanha discrição que mesmo quem olha para o bagagito tem dificuldade em perceber que diversos equipamentos residem ali.

É no local que uma caixa dutada, de 40 litros, foi confeccionada para abrigar um subwoofer JL Audio, modelo W6V3, de 12”.

Além dele, o local abriga também dois amplificadores, ambos da mesma fabricante norte-americana: um XD 400.4 para o estéreo e um HD 750.1, mono, para o subwoofer.

O diferencial aqui nesta ligação é explicado com as próprias palavras de Rodrigo. “O 400.4 funciona em bi-amplificação, isto é, ele toca com dois canais os tweeters e com outros dois canais os mid-bass”, detalha.

O acabamento, em curvin, atende com exatidão a um dos principais pedidos de Leonardo. “Preservar ao máximo, e sempre onde for possível, a originalidade”.

Para evitar vibrações indesejadas e amenizar a interferência de ruídos externos, as portas receberam tratamento acústico. Cabos Stinger e baterias Heliar completam a lista de acessórios do som.

Nervosinho

Além do áudio, Leonardo também buscou melhorias no desempenho do Fusca. Por intermédio da oficina Concept Car, também de Guarulhos, o sedã da Volks conta agora com novos pistões, maior cilindrada, kit de carburador Weber 44 e comando esportivo. Leonardo estima que os 57 cavalos originais de potência tenham subido para 110HP. Freio a disco ventilado na traseira, suspensão fixa ajustada, rodas Enkei de 17” e pneus Yokohama da linha S Drive são as demais modificações.

“Uso mais o carro aos finais de semana e para passear, ouvindo um flash ou um house dos anos 80”, revela Leonardo. Para quem sempre gostou de Fusca, mas nunca havia tido um e sempre gostou de som de qualidade, mas nunca havia montado um desse quilate, dá pra dizer que Leonardo pulou do amadorismo para o profissionalismo logo em seu primeiro grande projeto. Nada mal!

Veja o vídeo dele aqui!

Quem fez:

Code Audio (11) 2451-8736

Concept Car (11) 2087-0062

Ficha técnica

Fusca “Itamar” 1995

Som e multimídia

Kit duas vias JL Audio C5

Subwoofer JL Audio 12”

Amplificador JL Audio XD 400.4

Amplificador JL Audio HD 750.1

CD player Alpine CDE HD 149BT

Cabos Stinger

Baterias Heliar

Tratamento acústico

Mecânica

Rodas Enkei 17”

Pneus Yokohama S Drive

Freio a disco

Novos pistões

Carburador Weber 44

Comando esportivo

Suspensão fixa ajustada

Veja Também

DEIXE UMA RESPOSTA