Ford Mustang Mach-E: Um SUV elétrico derivado de um ícone

Fabricante diz que o novo SUV elétrico traz o famoso “muscle car” para a era da eletricidade estreando a primeira ampliação da família Mustang em 55 anos

Texto e Fotos: Divulgação

Pela primeira vez em 55 anos de história o Mustang ganhou ampliação em sua linha. O Muscle Car, ou Pony Car, como preferir, nasceu para ser encorpado, rápido e representar o verdadeiro espírito americano. Agora, a intenção é reinventar essas ideias e criar um futuro elétrico com atualizações sem fio que permitem continuar aprimorando o veículo para atender as crescentes necessidades dos clientes.

“No primeiro Salão de Detroit, Henry Ford disse que estava trabalhando em algo que teria o impacto de um raio”, disse Bill Ford, presidente do Conselho da Ford. “Era o Modelo T. Hoje, a Ford se orgulha de novamente apresentar um carro que tem a potência de um raio: o novíssimo Mustang Mach-E elétrico. Um carro rápido, divertido e um símbolo de liberdade para a nova geração de fãs do Mustang”.

O Mustang Mach-E chega ao mercado norte-americano no final de 2020, com as opções de bateria padrão ou de longo alcance e tração traseira ou nas quatro rodas, acionada por motores de ímã permanente.

Com bateria de longo alcance e tração traseira, o Mach-E terá uma autonomia de pelo menos 480 km (padrão EPA). Na versão com tração integral, terá uma potência estimada de 336 cavalos e torque de 57 kgfm.

A Ford vai oferecer também duas versões especiais de performance do SUV: o Mustang Mach-E GT deve acelerar de 0 a 100 km/h em menos de 4 segundos e o GT Performance Edition, que deve chegar aos 100 km/h em cerca de 3 segundos. Ambos os modelos GT terão uma potência estimada de 465 cv e torque de 84,6 kgfm.

O Mustang Mach-E poderá ser equipado ainda com pinças de freio de alumínio Flexira, da Brembo, e na versão GT Performance Edition, a suspensão conta com tecnologia adaptativa MagneRide Damping System, que oferece conforto ou esportividade no mesmo veículo.

Modos de condução

São três modos de direção: Whisper (“Sussurro”), Engage (“Engajado”) e Unbridled (“Desenfreado”), cada um com uma dinâmica de direção diferente. Seus recursos permitem personalizar as respostas do veículo, como controles de direção mais esportivos, iluminação ambiente e sons ajustados, além de animações no painel que acompanham o estilo de dirigir do motorista.

O veículo terá como opção um inédito sistema de tração nas quatro rodas (eAWD) que pode distribuir o torque nos eixos dianteiro e traseiro de forma independente.

Tecnologia

O Mach-E marca também a estreia da central multimídia SYNC de nova geração da Ford, com uma interface que usa o aprendizado de máquina para conhecer rapidamente as preferências do motorista e receber atualizações sem fio. O novo SYNC tem tela de 15,5 polegadas e uma interface simples que substitui os menus complicados, controlada por toque como os smartphones.

Assim como o SYNC de nova geração, o Mach-E é capaz de receber atualizações sem fio para melhorar o desempenho do veículo ou mesmo adicionar recursos totalmente novos.

Recarga

O Mustang Mach-E será oferecido com a opção de duas baterias de íons de lítio: com autonomia padrão (bateria de 75,7 kWh de 288 células) ou autonomia estendida (bateria de 98,8 kWh de 376 células), esta última com capacidade de pelo menos 480 km no padrão EPA, com tração traseira.

Segundo a Ford, os usuários típicos de veículos elétricos realizam 80% da recarga em casa. A Ford oferece uma estação de recarga, a Ford Connected Charging, que adiciona em média 51 km de autonomia por hora de carregamento em uma tomada de 240 V, usando uma bateria de alcance estendido e tração traseira. O carregador móvel Ford, incluído no veículo, adiciona em média 35 km de autonomia por hora de carregamento em uma tomada de 240 V. A Ford fez uma parceria com a Amazon Home para facilitar a instalação da estação na casa do cliente, com eletricistas licenciados.

O sistema de navegação do veículo permite localizar estações públicas de recarga em viagens e indica os pontos mais convenientes para que o motorista não precise se preocupar com a autonomia.

Usando uma estação de carga rápida em corrente contínua de 150 kW, o Mustang Mach-E com bateria de autonomia estendida e tração traseira pode ganhar uma autonomia de cerca de 75 km em 10 minutos. O Mustang Mach-E com autonomia padrão pode atingir até 80% da carga em cerca de 38 minutos usando uma estação de carga rápida.

You don't have permission to register