Desde 1908 até os dias atuais veja o que mudou em questão de inovação tecnológica

A Ford realizou um estudo que mostra a grande evolução na tecnologia dos faróis desde os primeiros automóveis até os mais recentes. O comparativo incluiu desde um Ford T 1908 e modelos dos anos 1930, 1960, 1970 e 1990 até um Ford Mustang GT 2016.

Os proprietários do Ford Modelo T tinham de literalmente acender as lâmpadas de acetileno antes de pegar a estrada. Já hoje, além de faróis de xênon e de LED, os motoristas dispõem de tecnologias avançadas capazes de detectar pedestres e frear o carro automaticamente além de contar com contam com novas tecnologias que fazem a iluminação se adaptar à velocidade e ao ambiente.

Uma nova tecnologia de iluminação que está sendo desenvolvida agora ajuda a atrair a atenção do motorista para pedestres, ciclistas e mesmo animais grandes na pista. Ela usa uma câmera de infravermelho para localizar e rastrear pessoas e animais a até 120 metros de distância:

As fotos usadas no estudo foram feitas no centro de desenvolvimento da Ford em Dagenham, na Inglaterra, usando o Ford Modelo T 1908, o Ford Modelo Y 1932, o Ford Anglia 105e 1966 (lançado pela primeira vez em 1959), o Ford Fiesta 1976, o Ford Mondeo 1994 e o Ford Mustang GT 2016, iluminando a cena a uma distância de aproximadamente 12 metros. O ajuste da câmera para todas as imagens foi ISO 1600, exposição 1/13 e abertura f/9. Veja abaixo sua evolução:

Related Post

DEIXE UMA RESPOSTA