Ecotime: Novo VW Golf agora é híbrido plug-in

Hatch médio chega ao mercado brasileiro com preço de R$ 199.990 e com autonomia superior a 900 km

Texto: Fernando Naccari

Fotos: Divulgação

O Volkswagen Golf GTE estreia a era da mobilidade elétrica da Volkswagen na América Latina. Além do novo híbrido Plug-In (que também pode ser recarregado em tomada), a marca aposta em novas soluções de micromobilidade: bicicleta e patinete elétricos.

Agora, voltando a falar do Golf, a Volkswagen anunciou que o modelo pode rodar até 50 km utilizando somente o modo elétrico a velocidades de até 130 km/h. Portanto, com o híbrido deverá se comportar como “um elétrico” nas idas e vindas do trabalho, por exemplo.

O cliente pode rodar todos os dias sem emitir CO2, sem ruído e gastando muito menos. Para rodar 50 km por dia, é preciso desembolsar apenas R$ 5, de acordo com o preço estimado da energia na região Sudeste. “É o valor de um cafezinho!”, ressalta a fabricante.

O Golf GTE estará disponível em três concessionárias da marca, em regiões estratégicas (Brasília, São Paulo e Curitiba) e de alto volume para esse produto, com preço sugerido de R$ 199.990, com pacote fechado de equipamentos e exclusivamente na cor Atlantic Blue.

Tecnologia exclusiva

Dentro do segmento de hatches médios híbridos, o Golf é o único com tecnologia plug-in, que permite o carregamento em tomada convencional de 220V ou em aparelhos wallbox de 3,6 kW ou mais. Além disso, o modelo traz itens exclusivos na categoria, como ACC (Controle Adaptativo de Cruzeiro), painel de instrumentos totalmente digital (Active Info Display) e sistema de infotainment com tela sensível ao toque de 9,2 polegadas e controle por gestos.

Baixo consumo e alta eficiência

O Golf GTE tem dois motores: um a combustão de 1,4l TSI com 150 cv e um motor elétrico de 75 kW (102cv). Combinados, oferecem potência de 150 kW (204 cv).

Quando toda a potência combinada do sistema é utilizada, o GTE vai de 0 a 100 km/h em 7,6 segundos, atingindo velocidade máxima de 222 km/h. Ainda mais significativo é o potencial de propulsão superior do Golf GTE, obtido graças à combinação dos dois motores, que produz torque máximo de 350 Nm (35,7 kgfm).

Sua autonomia total, incluindo o motor elétrico e o motor a gasolina, ultrapassa 900 km. Há ainda quatro modos de condução: Elétrico (autonomia de 50 km e velocidade máxima de 130 km/h), Híbrido (o sistema escolhe a forma mais eficiente para cada situação de uso do veículo); Recarga (somente o motor a combustão funciona, movimentando o veículo e recarregando a bateria) e GTE (os motores atuam de forma combinada oferecendo ao motorista 204 cv e 35,7 kgfm).

Rede de recarga ultrarrápida

A Volkswagen, juntamente com Audi e Porsche, empresas que fazem parte do Grupo Volkswagen, firmou em outubro uma parceria estratégica com a EDP, para a instalação de 30 novas estações de recarga de veículos elétricos no País.

Serão 29 postos de 150kW e um posto de 350kW – capazes de reabastecer a bateria de um carro elétrico rapidamente – e mais 30 equipamentos de 22kW (AC). Assim, cada ponto de recarga terá uma estação ultrarrápida e uma semirrápida. Elas serão instaladas nas rodovias Tamoios, Imigrantes, Carvalho Pinto, Governador Mário Covas, Dom Pedro, Washington Luís e Régis Bittencourt. Esta rede será interligada a outras já existentes no País, conectando um total de 64 pontos de carregamento, formando um corredor de 2.500 km de extensão, ligando os estados de São Paulo, Rio de Janeiro, Paraná, Espírito Santo e Santa Catarina (de Vitória a Florianópolis).

You don't have permission to register