De minivan a hatch médio, modelo Classe A passa por metamorfose e chega às concessionárias brasileiras na versão mais básica

Texto: Tatiana Rudigher
Foto: Divulgação

Para atrair cada vez mais o público jovem, o novo Mercedes Classe A chega ao país com novidades tecnológicas – agora a versão ganhou tela 2,5 cm maior e oito polegadas. O sistema também é compatível com o Apple CarPlay e a multimídia vem com interface mais intuitiva.

No exterior, as lanternas traseiras ganharam novo design e o visual é marcado por linhas fortes. O interior mantém a sofisticação e os bancos têm estofamento Artico com predominância do preto.

Com mais esportividade, o modelo conta ainda com o Dynamic Select, sistema que permite ao motorista adaptar as características do carro ao seu estilo de dirigir. A tecnologia é dividida em quatro opções: Comfort, Sport, Eco e Individual. O condutor pode facilmente mudar detalhes de suspensão, motor, câmbio e direção, combinadas.

Na versão mais esportiva, AMG A 45, o motor 2.0 ganhou potência em relação ao antecessor e agora gera 381 cv (antes eram 360 cv) com 48,43 kgfm de torque. O compacto consegue ir de 0 a 100 km/k em 4,2 segundos, de acordo com a montadora.

As outras versões entregam um pouco menos: a A 200, mais em conta, tem potência de 156 cv com seu 1.6 turbo e valor de R$ 136.900; já o modelo A 250 ganha em números com sua potência de 211 cv e motor 2.0, e custa R$ 50 mil a mais, saindo por R$ 188.900. O A250 e AMG A 45, com o preço de R$ 292.900, ainda não estão em território nacional.

Veja Também

DEIXE UMA RESPOSTA