Inspeção rigorosa: O que é preciso ficar de olho ao comprar um carro seminovo

Muito além de uma pintura brilhando, pneus, freios, suspensão, airbags e documentação podem revelar segredos do carro

Foto: Divulgação

Comprar um carro seminovo hoje em dia é muito mais vantajoso do que investir em um carro zero quilômetro. O preço é, na maioria das vezes, o fator que mais chama atenção dos consumidores na hora de comprar um seminovo. Mas, se o valor está muito mais baixo e atrativo, e o carro está em bom estado de conservação, principalmente se considerarmos a parte estética, fica mais difícil prever que pode haver algum problema a longo prazo.

Por isso uma inspeção rigorosa considerando não só a estética, mas também a mecânica e as questões documentais, é essencial para garantir que a compra de um modelo seminovo não gere dor de cabeça.

Pensando nisso, a Volanty, primeiro marketplace digital de carros seminovos no País, tem como parte importante da jornada do negócio oferecer a melhor experiência para o cliente, realizando uma inspeção rigorosa de mais de 150 itens em cada veículo disponível na plataforma da Volanty

“Comprar um carro novo é um péssimo negócio e todo mundo sabe disso. Um carro 0km sai da concessionária valendo 15% menos do que acabou de ser pago por ele. Agora, comprar um carro usado em ótimo estado, rigorosamente inspecionado, higienizado, com procedência verificada e um ano de garantia, de forma fácil e segura, além é claro do cheirinho de novo, é um excelente negócio.” comenta Maurício Feldman, CEO da Volanty.

Afinal, o que você precisa ficar de olho ao comprar um carro seminovo? A autotech dá algumas dicas do que ficar atento:

Busque informações prévias sobre o modelo desejado

Nas redes sociais há dezenas de comunidades que discutem a qualidade de cada veículo. Notícias e rankings publicados na mídia também ajudam muito a conhecer mais sobre os veículos, e até a definir qual a melhor opção se for o caso de dúvida em relação a mais de um modelo.

Teste o carro antes de comprar

Fazer o test drive em geral não é suficiente para uma compra segura, mas é um passo importante. O ideal é circular por locais onde está acostumado a dirigir e ficar atento aos possíveis barulhos que podem surgir ao longo do percurso, como o de peças soltas ou na parte mecânica.

Atenção ao estado de conservação geral do veículo

É importante observar o manual do automóvel, lá está registrado se o proprietário realizou todas as revisões indicadas pela montadora. Verifique se o carro tem extintor, macaco, triângulo, chave de rodas e estepe em condições de uso. Atenção redobrada aos possíveis vazamentos de óleo embaixo do carro.

Confira o estado dos pneus, desgastes irregulares podem indicar problemas com a suspensão ou a falta de alinhamento das rodas. Dentro do carro, veja o odômetro – muitos são adulterados. Cheque o pedal de freio, o volante e câmbio.

Em carros com airbag, uma dica é girar a chave e atentar-se ao quadro de instrumentos. A luz do airbag deve se acender por alguns segundos e depois se apagar. Se não acender, há algo errado. Não se esqueça de testar ar-condicionado e vidros elétricos, bem como de checar se todas as luzes do veículo acendem apropriadamente.

Descubra se o carro foi danificado

É essencial ficar atento à procedência dos veículos. A análise documental, com a checagem do número do chassi, dos vidros e da placa é necessária para evitar fraudes.

Ao comprar em empresas especializadas como a Volanty, além dessa checagem também é feita uma análise no site do Detran para verificar se a placa do carro é verdadeira e se não há pendências, como multas. Além disso é feita a análise para checar se o documento do veículo não é adulterado.

Para identificar a ocorrência de acidentes é preciso fazer uma vistoria na pintura com o carro seco e limpo. Ao observá-lo em algum lugar bem claro, de preferência durante do dia, é possível enxergar pequenas diferenças na pintura que denunciam acidentes no passado.No caso dos carros disponíveis na Volanty, a inspeção é realizada em um estúdio profissional onde é possível verificar esses detalhes, inclusive a simetria entre as portas, os parachoques e o teto. Ondulações, pequenos amassados na lataria ou diferenças nas quinas do capô são outras indicações de colisão.

Descubra se o carro sofreu algum incidente com enchentes

Carros que sofreram danos por enchentes possuem odor característico. Mesmo após uma higienização é possível achar impurezas depositadas em lugares pouco expostos. Verifique o estado do estofamento dos bancos e do carpete. Se o tecido estiver estragado o carro pode ter sido vítima de enchente ou está com problemas de vedação.

You don't have permission to register