Híbridos da KIA terão câmbio revolucionário

A tecnologia desenvolvida pela fabricante promete melhorar a eficiência da troca de marchas em veículos híbridos, aumenta prazer ao dirigir e reduz o consumo de combustível

A Hyundai Motor Group, controladora da KIA Motors, desenvolveu a primeira tecnologia de transmissão Active Shift Control (ASC) do mundo. A inovação otimiza a eficiência da transmissão ao monitorar as mudanças de velocidade 500 vezes por segundo, ajustando mais precisamente a velocidade de rotação da transmissão para tempos de troca mais rápidos. A nova tecnologia beneficiará os próximos híbridos da KIA.

O ASC aplica um novo software de lógica de controle à Unidade de Controle Híbrida (HCU), que então controla o motor elétrico para alinhar as velocidades de rotação do motor e transmissão para reduzir o tempo de troca de marchas em 30 por cento. A tecnologia também proporciona mudanças de marcha mais suaves, apesar dos tempos de troca mais rápidos.

“O desenvolvimento da primeira tecnologia ASC do mundo é uma inovação notável que incorpora um controle preciso do motor à transmissão automática”, disse KyoungJoon Chang, vice-presidente e chefe do Grupo de Sistemas de Controle de Transmissão da Hyundai Motor Group, “não apenas economiza combustível, mas também fornece uma experiência de direção mais divertida para nossos clientes. ”

Inovação: Software de Lógica de Controle Desenvolvido independentemente Aplicado ao Motor Elétrico

Os veículos híbridos convencionais não possuem conversores de torque para melhorar ainda mais a economia de combustível, já que os conversores de torque perdem energia durante o processo de transmissão. Embora seja eficiente em termos de combustível, esse sistema também requer tempos de deslocamento mais longos para garantir mudanças de marcha mais suaves.

A tecnologia ASC permite que o motor elétrico do híbrido também assuma o controle de mudanças de marcha aplicando nova lógica de software à Unidade de Controle Híbrida (HCU) para atenuar problemas com o tempo de troca mais lento. A HCU monitora a velocidade de rotação da transmissão com um sensor instalado dentro do motor elétrico a 500 vezes por segundo para sincronizar rapidamente a velocidade de rotação com a do motor.

Com a sincronização, o tempo de deslocamento é reduzido em 30% de 500 a 350 ms. Isso não apenas melhora o desempenho de aceleração e a economia de combustível do veículo híbrido, mas também aumenta a durabilidade da transmissão, minimizando o atrito durante o câmbio.

Fonte e Fotos: Hyundai Group/ Divulgação

You don't have permission to register