FORD 34 COM MOTOR FLATHEAD V8

Texto: Ademir Pernias    Fotos: Ricardo Kruppa

Empresário paulistano monta coleção de modelos Ford 1934, em suas várias versões, em memória do pai, que também era apreciador do automóvel

A paixão e a razão nem sempre andam juntas. Mas se você procurar nas reminiscências do passado é possível que encontre algum motivo que explique o interesse específico por determinada coisa, modelo ou marca de objeto. O empresário paulistano dono do automóvel que ilustra essa reportagem, que prefere não se identificar, se diz um apaixonado pelos modelos produzidos pela Ford em 1934. “Quando eu era criança meu pai teve vários Ford 1934 e daí veio minha verdadeira paixão pelo modelo”, conta.

Ao longo dos anos, ele formou uma respeitável coleção do modelo, em suas diferentes versões de carroceria. ”Acho o 34 o carro mais bonito fabricado pela Ford nos anos 30, minha década preferida quando o assunto é carro. Admiro também o Mustang e o Thunderbird, mas não tenho nenhum desses em minha garagem. Minha paixão mesmo é o 34 e tenho vários exemplares de diferentes modelos”, resume.

O exemplar da coleção do empresário paulistano escolhido para ilustrar sua paixão pelo Ford 1934 é este modelo 3 windows. O veículo foi adquirido por ele em suas andanças pelo interior do Brasil e chegou em estado lastimável à PJS Restaurações Especiais, oficina especializada em restauração automotiva de Casa Branca, no interior paulista. Segundo Pedro José de Souza Neto, de 35 anos, o Pedroca, que administra a oficina ao lado do pai e fundador da empresa, Pedro José de Souza Filho, o Pedrinho, de 70 anos, foram necessários cerca de três anos de trabalho para deixar devolver à vida, com todo o fulgor, esse modelo saído da linha de produção idealizada por Henry Ford.

100% autêntico

“O automóvel não recebeu nenhuma customização e foi restaurado mantendo 100% de suas características originais já há 10 anos”, explica Pedroca. O interior também foi restaurado e manteve-se autêntico. “Fizemos uma restauração bem detalhada, procurando usar o máximo possível de peças originais. Neste carro não tem nada que não seja original”, resume.

Os pneus originais medem 5.25/5.50 – 17”, montados em rodas raiadas aro 17” também originais. A suspensão é da época, com freio a varão, motor Flathead V8 original sem alterações com câmbio de três marchas, pintura feita em P.U. do catálogo de época da marca PPG, tom “old ivory”, e sistema elétrico de 6 Volts.

Todas as etapas do trabalho foram realizadas na própria oficina da PJS, exceto o serviço de tapeçaria, confiado à Betinho Couros, de Poços de Caldas (MG).

O dono do carro disse que costuma utilizar o modelo nos finais de semana em passeios curtos pela região. “O trabalho ficou muito bom, é gostosos andar no carro e ele é totalmente confiável para viagens”, garante o empresário. O reconhecimento do serviço da oficina de Casa Branca veio com uma premiação no Encontro Paulista de Autos Antigos de Campos do Jordão (SP), no ano passado.

You don't have permission to register