Primeiros veículos da Volkswagen com tecnologia nomeada pWLAN, chegarão ao mercado em 2019 a fim de melhorar a comunicação entre os carros e evitar possíveis acidentes no trânsito

Com o objetivo de aumentar a segurança no tráfego rodoviário, a Volkswagen está destinada uma grande quantidade de recursos ao seu departamento de pesquisa e desenvolvimento para a criação de novas tecnologias englobadas dentro do que conhecemos hoje em dia como ‘carro conectado’.

A tecnologia nomeada pWLAN permitirá que os veículos se comuniquem uns com os outros, compartilhando informações sobre riscos de tráfego imediatas sejam enviadas para outros veículos na área em dentro de alguns milissegundos.

Graças a ela, os automóveis vão poder partilhar entre si informações relevantes sobre o tráfego, num raio de 500 metros. Nomeadamente acidentes, tráfego, constrangimentos nas vias, estado do piso (presença de gelo, buracos ou poças de água), etc. Ou seja, mesmo antes do perigo estar visível ao sistemas de radares, o automóvel já está a preparar um conjunto de medidas para evitar um potencial acidente.

Já em 2019…

A partir de 2019, a Volkswagen iniciará a montagem de seus primeiros modelos com tecnologia pWLAN de série.

Além disso, os operadores de infra-estruturas de transporte na Alemanha, nos Países Baixos e na Áustria anunciaram planos para equipar os reboques utilizados para bloquear as estradas com a tecnologia pWLAN, a fim de reduzir os riscos de colisões traseiras na área de obras rodoviárias nas auto-estradas.

Em seu impulso para a condução automatizada e cooperativa, a Volkswagen está trabalhando para permitir que outros componentes da infra-estrutura de transporte (por exemplo, semáforos) e outros usuários da estrada sejam integrados no futuro, a fim de melhorar a segurança rodoviária com a ajuda da tecnologia pWLAN.

DEIXE UMA RESPOSTA